Terca-Feira, 20 de Outubro de 2020

Corregedor Nacional de Justiça instaura processo para apurar exoneração da juíza de Xinguara




COMPARTILHE

O Corregedor Nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, determinou a instauração de pedido de providências para verificar o que levou a juíza de direito Ana Carolina Barbosa Pereira, da comarca de Xinguara (PA), a pedir exoneração do cargo. O pedido de exoneração causou comoção porque veio acompanhado de uma série de denúncias.

A juíza fez críticas à omissão do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), ao Ministério Público e à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Em carta divulgada nas redes sociais, ela detalhou esquema de corrupção, descaso do Poder Público e falta de infraestrutura para trabalhar.

Na decisão, Martins determinou a intimação do presidente do TJPA, o desembargador Ricardo Nunes, e o corregedor-geral do TJPA, o desembargador José Maria Teixeira do Rosário. Eles terão 15 dias para apresentar explicações. Em documento, o corregedor nacional de Justiça reiterou sua preocupação com os fatos narrados pela juíza exonerada.

“[A magistrada] narra a ocorrência de omissões praticadas pelo TJPA e a Corregedoria que, em tese, demonstram desídia institucional que prejudicam o exercício da judicatura e, principalmente, a prestação jurisdicional do estado do Pará. Vamos esclarecer os fatos” disse o Corregedor Nacional de Justiça.


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias