Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020

Estudantes criam desinfetante contra vírus e produto fica entre os 25 melhores do país




COMPARTILHE

Do sofrimento por conta da morte de um cãozinho ao empreendedorismo. Danielli Gomes Alves, de 24 anos, soube transformar a adversidade em inovação. Após perder o animal de estimação para uma cinomose, doença que causa alteração do sistema nervoso como falta de coordenação motora, tiques nervosos, convulsões e paralisias, a jovem se viu incentivada a pensar em algo que ajudasse a combater o vírus que causa a doença.

Dentro da sala de aula, com a ajuda de um professor e mais um colega de turma, eles criaram a Kiara Clean, empresa de desinfetantes virucidas no Mato Grosso. O produto age como os convencionais e ainda elimina alguns vírus, como o que acometeu a cachorra da Danielli.

Foi mais de um ano de pesquisas, misturas, dosagens, leitura, até chegar na composição ideal, que servisse para a limpeza de casas, clínicas veterinárias, casas de abrigo e canis; e ao mesmo tempo matasse certos tipos de vírus que prejudicam a saúde dos animais e podem causar a morte. O projeto ainda está em fase de testes, mas já recebeu o primeiro aval, no Inova SENAI. “Já apresentou resultados positivos, ou seja, são resultados promissores para o desenvolvimento do desinfetante, já demonstrou ação na eliminação dos vírus da parvovirose e foi muito bacana mesmo”, explica Danielli.

Criado em 2012, o Inova está alinhado à prática pedagógica do SENAI, que estimula a cultura de inovação a partir do desenvolvimento de projetos como situação de aprendizagem. O prêmio desafia alunos e docentes da instituição a pôr em prática os conhecimentos e desenvolver produtos e processos inovadores alinhados às necessidades e aos interesses da indústria brasileira.

Os melhores projetos são apresentados a um fórum de investidores que podem tirar a ideia do papel e levar o processo ou o produto desenvolvido para o mercado. O projeto da Danielli passou pela etapa regional de Mato Grosso e foi indicado para a fase nacional, onde ficou entre os 25 melhores do país. Segundo a estudante, é preciso acreditar na ideia e ter dedicação para correr atrás do objetivo. Passada essa fase de testes, Danielli e os outros dois integrantes da Kiara Clean querem colocar o desinfetante no mercado.

“O empreendedorismo está acoplado em várias áreas. Então, você ter essa noção de que sua ideia pode se transformar em um negócio, e num (sic) negócio que te dê uma renda, até mesmo uma estabilidade, é muito bacana. Porque às vezes surgem várias ideias, às vezes uma coisa simples que pode resolver um problema, e a gente pensa ah, alguém já deve ter pensado isso, alguém já deve ter tentado isso, mas pode ser que seja a sua chance de fazer aquilo diferente”, indica a jovem. 


Autor: AMZ Noticias com Camila Costa


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias