Terca-Feira, 24 de Novembro de 2020

Relatório aponta retrocessos na liberdade de imprensa e Brasil cai ainda mais no ranking




COMPARTILHE

O Brasil caiu três colocações no Ranking Mundial da Liberdade de Imprensa divulgado nesta quinta-feira (18) pela organização Repórteres Sem Fronteiras. Estamos agora na posição 105.

A Noruega lidera o ranking de liberdade de informação. O segundo lugar é da Finlândia e o terceiro da Suécia. O Brasil aparece muito atrás inclusive dos vizinhos Chile (46°), Argentina (57°) e Paraguai (99°).

De acordo com o relatório, a imprensa brasileira está em uma “situação problemática”, classificação que engloba também outros 65 países. Um dos agravantes apontados foi a eleição de Bolsonaro, após uma campanha marcada por discursos de ódio, desinformação, violência contra jornalistas e desprezo pelos direitos humanos.

Ameaças, agressões, assassinatos… O Brasil continua sendo um dos países mais violentos da América Latina para a prática do jornalismo. Em 2018 ao menos quatro jornalistas foram assassinados no país em decorrência da sua atividade. Na maioria dos casos, esses repórteres, locutores de rádio, blogueiros e outros comunicadores mortos cobriam e investigavam tópicos relacionados à corrupção, políticas públicas ou crime organizado, particularmente em cidades de pequeno e médio porte em todo o país, nas quais estão mais vulneráveis.

A eleição de Jair Bolsonaro em outubro de 2018, após uma campanha marcada por discursos de ódio, desinformação, violência contra jornalistas e desprezo pelos direitos humanos, é um prenúncio de um período sombrio para a democracia e a liberdade de imprensa. 

O horizonte midiático ainda é bastante concentrado no Brasil, sobretudo ao redor de grandes famílias, com frequência, próximas da classe política. O direito ao sigilo das fontes é já foi questionado em diversas situações no país e muitos jornalistas e meios de comunicação são alvos de processos judiciais abusivos.”


Autor: Redação AMZ Noticias


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias