Quinta-Feira, 22 de Outubro de 2020

Pesquisa do Procon Tocantins aponta variação de até 177% em produtos da ceia de Natal




COMPARTILHE

 

Com a proximidade do Natal e para auxiliar os consumidores na hora de realizar suas compras, o Procon Tocantins realizou pesquisa de preço em oito supermercado de Palmas. A ação ocorreu da segunda-feira, entre os dias 09 e 12 de dezembro. Ao todo, 80 produtos foram pesquisados, entre eles carnes, azeites, bombons, farofas prontas, frutas, bebidas e panetones.

O objetivo da pesquisa é verificar a variação de preços entre estabelecimentos no período e facilitar a vida do consumidor que poderá sair de casa orientado sobre onde encontrar produtos mais baratos. A pesquisa completa realizada nos supermercados de Palmas, pode ser consultada no site do Procon.  Este ano, a azeitona preta inteira de 200 gramas apresentou o maior percentual de variação de preços. Vendida entre R$ 4,83 e R$ 13,39, a diferença é de 177,23%.

Em segundo lugar, ficou o champanhe espumante, com variação de 166,94%, vendida entre R$ 5,99 e R$ 15,99. Em seguida, a azeitona verde inteira 200 gramas com variação de 141,15%, e preços entre R$ 4,35 e R$ 10,49. Entre os panetones, a maior variação foi encontrada no Chocottone 500 gramas, com variação de 66,70%, vendido entre R$ 17,99 e R$ 20,99.

O superintendente do Procon Tocantins, Walter Viana, destacou que a pesquisa é fundamental para o consumidor que busca economizar na ceia natalina. “Ao realizar a pesquisa, a mesma se torna uma grande aliada para o consumidor que tem a intenção de economizar no preparo da ceia, uma vez que as variações entre menor e maior preço chegam a 66% nos panetones e até 177% nas azeitonas”, explicou.

O gerente de fiscalização, Magno Silva, explicou que as variações de preços encontradas referem-se aos dias em que a coleta foi realizada. “Os preços praticados atualmente podem ser diferentes, já que estão sujeitos a alteração conforme a data da compra, inclusive, por ocasião de descontos especiais, ofertas e promoções. Além disso, lojas da mesma rede podem praticar preços diferentes”, informou Magno Silva. O Procon Tocantins informa, com exceção dos panetones, a pesquisa não considera marca dos produtos, apenas o menor preço encontrado nas prateleiras de cada estabelecimento comercial.


Autor: AMZ Noticias com Thaise Marques


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias