Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2020

Servidores são capacitados para atuar na primeira UTI Aérea do Estado de Mato Grosso




COMPARTILHE

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), realiza nesta segunda-feira (02.03) a aula inaugural para o início da operação da UTI Aérea em Mato Grosso. Até sexta-feira (06.03), pilotos, copilotos e profissionais de saúde serão capacitados para o trabalho operacional, com disciplinas teóricas e práticas.

O início das atividades será às 8 horas, no auditório da antiga sede da Infraero, no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande. A aeronave com UTI Aérea passa a atuar na próxima semana. O avião, modelo Chayenne II XL, foi adquirido nos Estados Unidos da América (EUA) e tem capacidade para dois tripulantes, seis passageiros e autonomia de seis horas e 30 minutos de voo. A aquisição da primeira aeronave e a adequação de outra unidade custaram R$ 3,8 milhões e o valor foi viabilizado pelo Ministério Público Estadual (MPE) e o Poder Judiciário, por meio de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).

Para a aquisição e adequação do avião, o Ciopaer criou uma Comissão de Implantação de Serviço Aeromédico, que definiu modelo, equipamento e atuação que melhor atende à demanda do Estado. Dentro da Comissão há também o processo de treinamento dos tripulantes, médicos e enfermeiros, que foram disponibilizados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT).

Com a aquisição recente, a corporação dispõe de seis aeronaves e três helicópteros para atuar em operações aéreas em todo o Estado. Além da sede, que fica no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, o Ciopaer tem uma base descentralizada no município de Sorriso (398 km ao Norte de Cuiabá).

O Ciopaer atua em conjunto com as unidades das forças de segurança: Polícia Militar (PM-MT), Polícia Judiciária Civil (PJC-MT) e Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT) e com outras secretarias estaduais, a exemplo da Saúde (SES) e Meio Ambiente (Sema).

As atividades do Ciopaer foram regulamentadas pelo Governo do Estado, em 17 de novembro de 2006, com o objetivo de centralizar em um único órgão o controle, operação e manutenção de aeronaves rotativas e de asas fixas empenhadas em atividades policiais. Ao todo, 90 servidores fazem parte do efetivo da unidade.


Autor: AMZ Noticias com Hérica Teixeira


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias