Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020

Dr. Eugênio se diz preocupado com expansão do corona vírus e falta de hospitais no Araguaia




COMPARTILHE

 “Infelizmente estamos totalmente desestruturados na questão da assistência à saúde”. O desabafo é do deputado estadual Dr. Eugênio (PSB), que é médico e membro da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa. Com a frase o parlamentar se refere aos municípios do Norte Araguaia e do Xingu, que integram o Vale do Araguaia – e ele a citou no contexto de uma fala sobre o risco de uma eventual epidemia do novo coronavírus.

Dr. Eugênio retornou ontem, 15, de uma visita a todos os municípios da região e demonstra preocupação com a limitada e acanhada rede hospitalar naquela área. “Se uma epidemia dessa realmente se efetivar nós teremos dificuldades enormes, e agora teremos que criar ferramentas para enfrentarmos uma situação dessa que poderemos ter pela frente. Observem que a maioria das cidades de lá, sequer tem hospital. Fico imaginando São José do Xingu, Santa Cruz do Xingu, Novo Santo Antônio e outras localidades sem nenhum serviço hospitalar. Imaginem o caos que seria uma epidemia do coronavírus daquelas localidades”, citou.

O deputado destacou que entrou em contato com Mauro Carvalho, que é chefe da Casa Civil do Governo, e que se colocou à disposição para debater a questão e tentar encontrar meios para ampliar o serviço hospitalar não somente no Norte Arguaia, mas nos 141 municípios mato-grossenses. Dr. Eugênio acredita que ao longo da semana a Assembleia deverá propor medidas preventivas e de combate ao vírus que assusta o mundo.


Autor: Eduardo Gomes com A Boa Midia


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias