Sexta-Feira, 14 de Agosto de 2020

Autoridades do Pará visitam UTI's de hospitais do estado para reforçar estratégias contra o Covid-19




COMPARTILHE

O governador do Estado do Pará, Helder Barbalho, e o secretário estadual de Saúde, Alberto Beltrame, estão visitando as UTI's de vários hospitais do Pará, a fim de analisar a situação e reforçar as estratégias para recebimento de pacientes em estado grave, infectados pelo novo coronavírus.

O primeiro a ser visitado é o Abelardo Santos, em Icoaraci. Em seguida, a comissão segue para outras unidades de saúde. Desde que o novo coronavírus começou a fazer vítimas, o governo do Estado realizou vários cursos de capacitação aos profissionais de saúde, organizados pela Secretaria de Saúde (Sespa).

No início de março, ocorreu a Capacitação Técnica sobre Atenção e Vigilância em Saúde frente à Covid-19 para 160 profissionais de saúde que atuam em estabelecimentos públicos e privados no Pará. O objetivo foi orientar os profissionais na identificação, notificação e manejo oportuno de casos suspeitos de infecção humana pelo vírus SARS-CoV2 (novo coronavírus), visando à redução dos riscos de transmissão em território paraense.

Dentre as principais ações desenvolvidas pelo Governo do Pará para enfrentar a doença, está a implantação do Comitê Técnico Assessor de Informações Estratégicas e Respostas Rápidas à Emergência em Vigilância em Saúde, referentes ao novo coronavírus, criado para organizar as ações de vigilância, prevenção e controle da Covid-19, e a elaboração do Plano de Contingência Estadual para a Infecção Humana pelo novo coronavírus.


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias