Terca-Feira, 07 de Julho de 2020

Empresa de Palmas é acusada de vender 22 respiradores falsos para cidade de Mato Grosso




COMPARTILHE

Com 53 registros de Covid-19 e duas mortes, a Prefeitura de Rondonópolis (MT) decidiu comprar 22 respiradores mecânicos. Conforme o Paço, a Life Med Comércio de Produtos Hospitalares e Medicamentos foi quem ofereceu as melhores condições de entrega e de preço – R$ 4 milhões.

Devido à urgência, a compra foi feita sem licitação. Entretanto, os equipamentos eram falsos. O caso foi repercutido pelo portal UOL. De acordo com a Receita Federal, a empresa que vendeu os equipamentos foi criada em setembro do ano passado com sede em Palmas, e tem como atividade principal o comércio varejista de cosméticos.

Ao UOL, a Polícia Civil afirma que não localizou o dono da empresa responsável pelos aparelhos falsos, que seria um mecânico de automóveis. O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (Solidariedade), afirma que administração foi vítima de um golpe e que já entrou na Justiça para tentar reaver o dinheiro. Parte do valor pago teria sido bloqueada.


Autor: AMZ Noticias com Cleber Toledo


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias