Domingo, 31 de Maio de 2020

16ª vítima de coronavírus em MT, morador da cidade Querência deixou esposa grávida de 8 meses




COMPARTILHE

O embarcador de uma transportadora, Elson Aparecido Soares Rodrigues, morreu aos 27 anos no último sábado (9), como a 16º vítima do coronavírus em Mato Grosso. Morador de Querência (945 km a Nordeste de Cuiabá), ele deixou a esposa grávida de 8 meses.

Elson estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Rosa, em Cuiabá, desde o dia 1º de maio. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), ele fazia parte do grupo de risco, pois tinha hipertensão arterial e obesidade. Após 9 dias internado, não resistiu e faleceu.

A morte prematura causou comoção nas redes sociais de familiares e amigos de Elson. Jaíne Puhl, esposa do embarcador, publicou no seu Facebook uma homenagem. Ela está grávida de 8 meses, e o filho Théo esta previsto para nascer no próximo mês. “Hoje perdi meu grande companheiro, meu amor, meu marido, pai do nosso Théo que ainda está aqui na barriguinha da mamãe e que você já amava tanto quanto eu”, escreveu Jaíne, no dia 9 de maio. A SES também lamentou a morte do embarcador. Outras 3 pessoas morreram em decorrência da covid-19 no território mato-grossense.

Em boletim divulgado nesta segunda-feira (11), o estado conta com 545 casos confirmados e 19 óbitos. Foram 26 novas confirmações nas últimas 24 horas, 7 em Cuiabá, 5 em Várzea Grande, 3 em Barra do Garças, 3 em Tapurah, 2 em Lucas do Rio Verde, além de um caso em cada uma das seguintes cidades: Cáceres, Jangada, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, São Pedro da Cipa e Vila Bela da Santíssima Trindade.


Autor: AMZ Noticias com Gazeta Digital


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias