Domingo, 31 de Maio de 2020

Candidata e ex-deputado de direita seriam vítimas de "milícia bolsonarista" em Mato Grosso




COMPARTILHE

A convivência entre os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Patriota, em Mato Grosso, não deverá ser das mais fáceis.

Segundo as informações, a candidata de Jair Bolsonaroo Senado na eleição suplementar, a coronel PM Fernanda dos Santos, e o presidente do partido, Victório Galli, seriam alvos do que se denomina de uma “milícia virtual.

Segundo fontes, este grupo seria composto por bolsonaristas especialistas em desmoralizar adversários, mas que também não perdoa aliados do próprio Bolsonaro, “uma espécie de guerrilha pela internet”. A grande curiosidade  é que esse é o partido que aguarda o ex-prefeito Roberto França para ser o candidato a prefeito de Cuiabá, nas eleições de outubro.


Autor: AMZ Noticias com Diário de Cuiaba


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias