Domingo, 24 de Maio de 2020

Ações da Adepará garantem sanidade de produtos agropecuários em tempos de pandemia




COMPARTILHE

Em meio à pandemia que assola o planeta, vários órgãos acabam tendo que ficar frente a frente com o problema, alguns para salvar vidas, outros para garantir o abastecimento e infraestrutura, um destes órgãos é a Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adepará), que através de seus técnicos conduz diversas ações.

As iniciativas desenvolvidas pela Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adepará) promovem a sanidade e a qualidade da produção agropecuária paraense. Devido a isso, são atividades consideradas essenciais, pois garantem a segurança alimentar da população.

Uma delas consiste na fiscalização interna e interestadual do transporte de animais e vegetais, feitos em postos fixos e móveis, localizados nas divisas estaduais e limites municipais. Em 2019, foram inspecionados 74.340 veículos pela Adepará. Os servidores do posto de fiscalização agropecuária, estão empenhados em realizar a defesa e inspeção das cargas que entram e saem do estado, com produtos e subprodutos de origem animal e vegetal.

A fiscalização dos técnicos da Adepará tem o objetivo de verificar a conformidade dos produtos em trânsito com a legislação vigente e servir como barreira para a entrada de doenças e pragas exóticas na região, que possam causar prejuízos à economia do Pará. Além disso, a atividade evita a entrada ou saída de produtos elaborados ou processados sem inspeção sanitária, que podem oferecer riscos à saúde dos consumidores.

Todas as cargas de animais vivos precisam estar com a Guia de Trânsito Animal (GTA) em dia, assim como os produtos vegetais necessitam da Permissão de Trânsito Vegetal (PTV). No transporte de animais, são exigidos ainda exames de sanidade, como atestados de vacinação contra a Brucelose e a Febre Aftosa. As fiscalizações são feitas por médicos veterinários, engenheiros agrônomos, auxiliares de campo e técnicos agropecuários. Eles trabalham em equipes, com revezamento a cada 15 dias.

As atividades essenciais são alinhadas com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), “A atuação na área da defesa agropecuária realizada pela ASDEPRA garante que cheguem à mesa do consumidor produtos com qualidade e segurança, mantendo a competitividade do agronegócio no mercado”.

O trabalho de defesa agropecuária não para. “Em tempos de pandemia, a Adepará continua atendendo a clientela do órgão que são os produtores rurais para dar prosseguimento aos programas sanitários desenvolvidos sempre objetivando o desenvolvimento do agronegócio e o consumidor final”, Assim, com o trabalho os técnicos da Adepará, a sociedade paraense é beneficiada com as ações, que, entre outros objetivos, visam desenvolver a produção local, estadual e nacional, “Atuando no controle e combate às doenças, fornecendo credibilidade aos produtos participantes do agronegócio e propiciando alimentos de qualidade aos consumidores em geral”. 


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias