Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020

Levantamento mostra que Mato Grosso tem a menor quantidade de médicos do Centro-Oeste




COMPARTILHE

Um levantamento do Conselho Federal de Medicina (CFM), em parceria com a Universidade de São Paulo (USP) mostrou que em Mato Grosso existe 1,91 médico para cada mil habitantes.

Essa é a menor razão médico/habitante da região Centro-Oeste. Segundo o levantamento, Mato Grosso tem 5.630 médicos e 219 novos registros foram inseridos em 2020.

Entre os fatores apontados para a baixa concentração de médicos estão as condições de trabalho que vão desde a falta de equipamentos de segurança como luvas e máscaras, passando por falta de leitos de UTI, até material para curativo.

O levantamento feito pelo Conselho Federal de Medicina demonstrou que a distribuição de médicos pelas regiões do país é muito discrepante. A média geral do país é de 2,5 médicos para cada mil habitantes, próxima à dos EUA  e Japão.

Porém, ao olhar para as diferentes regiões do Brasil, vemos uma diferença gritante. No Distrito Federal, a média é de 5,1, enquanto no Rio de Janeiro é de 3,7 e em São Paulo de 3,2. Nos estados do Norte e Nordeste é que a situação é mais crítica: Acre (1,20), Amapá (1,19), Pará (1,07), Maranhão (1,08), Piauí (1,60), Alagoas (1,58).

O problema é que, mesmo nos lugares onde há mais médicos, o atendimento à população ainda é precário. Temos um sistema de saúde que vem sendo atacado e destruído pelos sucessivos governos, mais especialmente pelo governo ilegítimo de Jair Bolsonaro.


Autor: Redação AMZ Noticias


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias