Terca-Feira, 27 de Julho de 2021

Nova confusão movimenta o Cuiabá e jogador afirma ter sido ameaçado por Cristiano Dresch




COMPARTILHE

Mais uma confusão movimenta os bastidores do Cuiabá Esporte Clube, após a demissão repentina do técnico Alberto Valentim no último sábado (29), o nome do time volta aos holofotes. 

A jornalista Gabriela Moreira, do "SporTV" disponibilizou um áudio de uma ação que corre na 1ª Vara Trabalhista de Cuiabá em que o zagueiro Luiz Gustavo diz ter sido ameaçado e assediado moralmente pelo vice-presidente do Cuiabá, Cristiano Dresch.

O atleta cobra R$ 2,5 milhões do clube, valores referentes a verbas trabalhistas e outras obrigações. A diretoria por sua vez saiu em defesa do dirigente e explica que o vice-presidente "defendeu a honra da instituição". O áudio da ligação entre o dirigente e o jogador foi anexado no processo. Segundo a ação, o contato foi realizado por intermédio de um funcionário do clube. Luiz Gustavo conversou por telefone com Cristiano no dia 21 de maio.

O motivo do atrito seria dado porque o zagueiro se recusou a fazer acordo com o departamento de Recursos Humanos do clube. O atleta não teve seu contrato não teve seu contrato continuado após lesão e foi desligado do Cuiabá. Em defesa, o Cuiabá, via assessoria de imprensa, confirmou que o dirigente teve uma "conversa ríspida" com o zagueiro, mas afirma que o mesmo "jamais teve a intenção de ameaçá-lo ou assediá-lo e justifica sua atitude como um ato isolado de defesa à honra da instituição".

No áudio de 1 minuto e 36 segundos, Cristiano Dresch chama Luiz Gustavo de “jogadorzinho de merda”, “seu quebrado”, “seu bosta”, “vagabundo” e ainda diz: “eu sei onde você mora”, “você tá na minha terra”, “abre essa boca sua de novo aí pra cê ver, seu vagabundo”.

Logo após o diálogo com o vice-presidente, Luiz Gustavo registrou a ameaça na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Cuiabá, conforme documentos anexados aos autos do processo. De acordo com a ação, no dia da discussão acalorada, por precaução, Luiz Gustavo dormiu em um hotel de uma cidade próxima a Cuiabá e no dia seguinte voltou para São Paulo.


Autor: AMZ Noticias com Gazeta Digital


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias